braúlio tavares


Por ele mesmo: "Braúlio Tavares é compositor, poeta, escritor. Já foi jornalista esportivo, professor de inglês, funcionário público, crítico de cinema, guitarrista de rock, tradutor literário, roteirista de TV, secretário do Treze F. C., datilógrafo, ator de teatro. "O objetivo disto tudo era sobreviver e aprender coisas novas para transformar em Literatura, que é a minha única vocação. Caiu na rede é texto". http://campina.com.br/braulio/

poema da buceta cabeluda

de Bráulio Tavares

A buceta de minha amada
tem pêlos barrocos,
lúdicos, profanos.
É faminta
como o polígono das secas
e cheia de ritmos
como o recôncavo baiano.
A buceta de minha amada
é cabeluda
como um tapete persa.
É um buraco-negro
bem no meio do púbis
do universo.
A buceta de minha amada
é cabeluda,
misteriosa, sonâmbula.
É bela como uma letra grega:
é o alfa-e-ômega dos meus segredos,
é um delta ardente sob os meus dedos
e na minha língua
é lambida.
A buceta de minha amada
é um tesouro
é o Tosão de Ouro
é um tesão.
É cabeluda, e cabe, linda,
em minha mão.
A buceta de minha amada
me aperta dentro, de um tal jeito
que quase me morde;
e só não é mais cabeluda
do que as coisas que ela geme ao meu ouvido
quando a gente fode.

(topo)